Programa “A Empresa”

Projeto

Menu Programas

TÍTULO: Programa “A Empresa”
DINAMIZADOR: Profª Cláudia Eduardo (em parceria com a Junior Achievement Portugal)
DESTINATÁRIOS: Alunos do 12ºano

Até há pouco tempo acreditava-se que ser empreendedor era inato, que à nascença determinada pessoa estava predestinada a ter ou não sucesso nos negócios; por isso havia pessoas que não tinham como propósito serem empreendedoras, pois as competências para tal nunca iriam ser adquiridas. Estudos recentes apontam outra realidade: ser empreendedor pode ser um processo, pode ser ensinado e compreendido por qualquer um de nós. Deste modo, a educação para o empreendedorismo pode tornar-se fundamental para o futuro dos nossos alunos, uma vez que pode ajudá-los a desenvolver o seu espírito de iniciativa, a sua capacidade de organização, de planeamento e de liderança, tal como a habilidade para trabalhar em equipa. Este tipo de educação poderá ser determinante para o desenvolvimento da criatividade e da persistência, podendo melhorar significativamente a facilidade de comunicação e a expressão.

A aquisição de novas competências e novas ferramentas poderão ser decisivas na preparação para a vida profissional e pessoal, devendo, neste sentido, o espírito empreendedor ser integrado de forma transversal na educação.

A educação para o empreendedorismo no ensino secundário tem o intuito de sensibilizar os alunos para a importância de ser empreendedor na sociedade com o objetivo de despertar e incentivar comportamentos e atitudes empreendedoras; dotar os jovens com as competências necessárias à elaboração de uma proposta de valor; desmistificar o erro, o risco e a tomada de decisões e incentivar o espírito de iniciativa, de cooperação e de competitividade, através da partilha de experiências, ideias e soluções.

Atendendo à importância da educação para a empreendedorismo, o Colégio Campo de Flores implementou, pelo segundo ano consecutivo, como disciplina curricular, como opção de escola, o Programa A Empresa, da Junior Achievement, no 12.º ano de escolaridade.

O programa desafia os alunos a criar e a gerir uma miniempresa, ao longo de um ano letivo. Os alunos contam com o apoio da professora Cláudia Eduardo (docente da disciplina de Economia no ensino secundário do Colégio) e de dois voluntários para que, num trabalho em equipa, consigam atingir os objetivos que o programa propõe: criar e organizar uma miniempresa; desenvolver um plano de negócios; gerir uma miniempresa e liquidar uma miniempresa.

No que respeita às competências e temáticas a desenvolver, temos o seguinte planeamento de conteúdos:

empresa1

empresa2

Mais do que nunca precisamos de empreendedores que criem novos projetos e de aderentes ao risco que introduzam inovação na nossa sociedade, por forma a criar riqueza e, consequentemente, emprego. Através das nossas crianças e dos nossos jovens nós, pais e educadores, passaremos a palavra, através da educação para o empreendedorismo, por forma a construir os pilares para um melhor futuro.