Trabalho de Projeto: Rios de Portugal

No âmbito do Tema Integrador do Colégio e do Trabalho de Projeto, os alunos do 2.º ano decidiram lançar um Jornal de Parede. Este tem como objetivo divulgar junto da comunidade educativa os trabalhos realizados mensalmente pelos alunos. Pretendemos promover a participação, aumentar o gosto pela escrita e leitura, fomentar a pesquisa e o espírito crítico e dar a conhecer os lugares e costumes de Portugal.

– Professoras do 2.º ano

O nosso primeiro projeto já foi divulgado no Jornal de Parede do 2.º ano!

No dia 25 de setembro celebrou-se o Dia Mundial dos Rios com o objetivo de promover a preservação dos rios. Como tal, decidimos fazer uma pesquisa sobre os Rios de Portugal. Com a ajuda da nossa família, aprendemos factos super interessantes sobre os principais rios portugueses, mas também sobre os que não andam na boca do povo. Já ouviram falar do rio Ocreza, do Cávado e até do rio Amazonas?

Aqui ficam registadas algumas das nossas descobertas:

  •  O rio Minho tem 350 km. Nasce em Espanha e desagua em Portugal. – Mafalda de Jesus 2.ºA
  • No rio Minho podemos encontrar várias espécies de peixes e outros animais, como a lontra. – João Duarte 2.º A
  • O rio Douro nasce numa serra de Espanha chamada Urbion. Este rio desagua no Porto. – Maria Rita Branco 2.º A
  • Encontrei um poema sobre o rio Douro: Oh Douro que és tão lindo, / Como tu não há igual! / És a terra mais bonita / Que existe em Portugal. – Afonso Grillo 2.º A
  • Descobri uma lenda sobre o rio Mondego: “Uma princesa apaixonou-se por um cavaleiro chamado Diego. O rei mandou-o para a guerra. A princesa ficou muito triste e de tanto chorar e gritar “Mon Diego” formou-se um rio que atualmente chamamos de Mondego”. – Manuel Nunes e Francisco Santos 2.º A
  • O rio Mondego é o maior rio inteiramente português. – Maria Inês Francisco 2.º B
  • Acredita-se que as águas do Rio Mondego curam doenças de pele. – Miguel Franco 2.º B
  • No rio Minho existe uma ilha em forma de coração que se chama Ilha dos Amores – Henrique Ferreira. – 2.º B
  • No século XX o rio Minho era um rio muito importante por causa do viveiro de peixes. – Margarida Hilário 2-º B
  • O nome do rio Douro vem da lenda que conta que nas águas do rio estavam escondidas pedrinhas de ouro. – Tiago Crawford
  • Nas encostas do rio Douro encontramos vinhas, que dão as uvas para o vinho do Porto. Os barcos Rabelos transportam esse vinho em pipas. – Leonor Lopes 2.º B
  • O rio Tejo tem duas pontes: 25 de abril e a Ponte Vasco da Gama. – Bernardo Santos 2.º C
  • O rio Tejo é o maior da Península Ibérica. – Francisco Magalhães 2.º C
  • O rio Tejo é o principal rio de Portugal que separa o sítio onde eu moro (Almada) e Lisboa, a capital do nosso país. – Dinis Simões 2.º C
  • O rio Guadiana tem cerca de 11 espécies de peixes! – Matilde Pereira 2.º C
  • O rio Guadiana faz fronteira entre Portugal e Espanha. Nas margens temos a cidade de Ávila Real de Sto. António e Ayamonte. – Stefanny Martins 2.º C
  • No rio Guadiana foi construída uma barragem que deu origem ao maior lago artificial da Europa “O Alqueva”. – Salvador Antunes 2.º C
  • O rio Sado nasce no Alentejo e desagua em Setúbal. – Maria Beatriz Carvalho 2.º C
  • O rio Sado é dos poucos que corre de Sul para Norte. – Mariana Mesuras 2.º C
  • Nas margens do rio Côa há pinturas rupestres, nas rochas que são de há 25 mil anos atrás. – Isabel Mendes 2º D
  • Na terra da minha bisavó passa o rio Ocreza. Nas minhas férias eu vou lá e gosto muito de nadar e dar mergulhos neste rio. – Júlia Barateiro 2º D
  • Na reserva do Estuário do Tejo, concentram-se mais de 120 mil espécies de aves! – Francisca Carvalho 2º D
  • Há golfinhos no rio Sado! – Maria Coxo 2º D
  • A ponte na foz do rio Lima chama-se Ponte Eiffel e foi construída pela empresa de Gustave Eiffel, o engenheiro civil francês responsável pela famosa Torre Eiffel, em Paris. – Pedro Santos 2ºD.
  • O rio Douro, antigamente era indomável e muito perigoso, só com a construção das suas cinco barragens se tornou seguro e facilmente navegável, o que trouxe riqueza à região, visto o transporte do vinho do Porto que se fazia através dele. –  Martim Silva 2ºD.

Para saberem um pouco mais sobre alguns rios portugueses, poderão espreitar
o nosso Jornal de Parede.

– Alunos do 2.º ano