“Vamos baixar a temperatura da Terra!”

Ser responsável e estar consciente de que os seus atos e as suas decisões afetam a sua saúde, o seu bem-estar e o ambiente (…) exige compreensão de fenómenos científicos e tecnológicos e da consciência das suas consequências éticas, sociais, económicas e ambientais”(Perfil dos alunos à saída da escolaridade obrigatória).

Nesse sentido, os alunos do 5.º ano foram desafiados, explorando o simulador E-Roads, a fazer escolhas que limitassem o aumento das temperaturas médias do planeta a um valor inferior a 1,5º C. E muito satisfeitos ficaram por observar que, com boas decisões individuais e governamentais, conseguiam limitar o aumento da temperatura a 1,1º C e assim reduzir ou evitar muitas das graves consequências das alterações climáticas.

Dado o empenho dos nossos alunos na criação de textos para partilhar com a comunidade educativa, sobre as conclusões a que chegaram, foi difícil fazer uma seleção. Optámos por escolher, essencialmente, os textos do 5ºB, pois o Ar é o tema da turma no Programa Eco-Escolas. Contudo, estão todos de parabéns!

Já pensaram quanto pode aumentar a temperatura até 2100? 

Na nossa aula de Ciências Naturais, estivemos a pensar sobre isso: descobrimos que se mantivermos os hábitos que temos agora, a temperatura poderá aumentar 3,6º C até 2100. É um aumento muito perigoso, nós devemos agir! 
Diminuindo o uso de energias fósseis e aumentando o uso das renováveis, impedindo a desflorestação, diminuindo o uso de fertilizantes sintéticos e comendo menos carne, podemos limitar a 1,2° o aumento da temperatura até 2100. 
Descobrimos isso hoje na aula, pois estivemos a usar o simulador En-Roads que se encontra  no site “Interative Climate”. 
Dinis Pinto e Rafaela Lopes, 5.º B

No site «Interactive Climate» podemos perceber como baixar a temperatura da atmosfera terrestre e evitar o agravamento das alterações climáticas.
O simulador que se encontra neste site ensinou-nos que é preciso muitos estudos e esforços para baixar a temperatura terrestre, mas algumas mudanças têm de ser concretizadas o mais rapidamente possível, como a criação de transportes e indústrias mais eficientes energeticamente.
As grandes criações de gado, libertam metano, e os fogos florestais, libertam grandes quantidades de dióxido e monóxido de carbono, gases de efeito estufa responsáveis pelas graves alterações climáticas que já se estão a observar em alguns locais do nosso planeta.
Para conseguirmos evitar estas situações, vamos ter de tomar medidas importantes que tenham em consideração 5 R’s: Repensar, Recusar, Reduzir, Reutilizar e Reciclar.
Gustavo Gaspar e Madalena Rodrigues, 5.º B

As alterações climáticas são muito preocupantes, só um ou dois graus a mais podem mudar completamente a vida na Terra. Temos de resolver este problema, porque devido ao aumento dos gases de efeito estufa a temperatura tem estado a aumentar.
Atualmente existe tanta tecnologia que se consegue simular tudo e mais alguma coisa, e foi exatamente o que fizemos na aula de Ciências Naturais, entramos no simulador EN-Roads e simulamos um clima melhor.
Quando entrámos no simulador, ele dizia que o aumento de temperatura até 2100 seria de 3,6 graus Celsius. Sabendo que a comunidade científica afirma que a temperatura não pode passar dos 1,5 graus Celsius, procurámos baixar a temperatura. 
Verificámos que se não usarmos combustíveis fósseis como fonte de energia, baixava logo 1 grau, mas também diminuímos o aumento da população, a desflorestação e aumentamos o reflorestamento e o desenvolvimento de tecnologias para remoção de carbono na atmosfera.
Com estas e outras ações, acabámos com 1,3 graus Celsius de aumento de temperatura.  
Tiago Silva e Tomás Almeida, 5.º B

As alterações climáticas estão a afetar muito o planeta Terra. O aumento da temperatura tem causado: secas, inundações, o degelo do Ártico e da Antártida e perda de biodiversidade.
Para evitar que isso aconteça, temos de mudar os nossos hábitos e consumos! 
Temos de reduzir o uso de carvão, de petróleo, de gás natural e bioenergia. 
Temos de aumentar a utilização de fontes de energia renováveis, aumentar a reflorestação e proibir a desflorestação. 
Devemos também reduzir bastante o metano que é lançado para atmosfera, comendo menos carne. No nosso dia-a-dia, quando nos deslocamos, devemos ser menos poluentes, por exemplo, andando mais de bicicleta em vez de carro.
Se estas medidas cumprirmos, baixar a temperatura da Terra conseguimos!
Os cientistas recomendam (avisam) que a temperatura não pode aumentar mais do que 1,5o C e, nós conseguimos descobrir que é possível baixar a temperatura para 1,1o C, utilizando o simulador En- Roads que se encontra no site “Interative Climate”.
João Torcato e Marta Freire, 5.º B

O aquecimento global é a subida das temperaturas médias do nosso planeta, causada pelo aumento de gases de efeito estufa na atmosfera que fazem com que o calor não saia do nosso planeta para o espaço. 
Para descobrir como evitar o aumento das temperaturas, fomos ao site “Interative Climate”, e usando o simulador En-Roads verificámos que devemos trocar o carvão e o petróleo por fontes de energia renováveis e não poluentes como a: energia solar, eólica e hídrica.  
Podemos também diminuir os gases de efeito estufa, começando por comer menos carne ou andando mais a pé ou de bicicleta e, se isso não for possível, temos sempre os transportes coletivos ou carros elétricos.
As temperaturas do nosso planeta estão a aumentar com consequências graves para a vida na Terra. Não podemos viver assim para sempre! 
Nós, no simulador, conseguimos limitar o aumento das temperaturas a 1,2º C até 2100.
Vamos todos ajudar a salvar o planeta! 
Mariana Comprido e Margarida Martins, 5.º B

Desde sempre que a Humanidade só pensa em si mesma. 
Se pesquisarmos, chegamos a essa conclusão. Infelizmente, se continuarmos assim, egoístas, o nosso futuro vai ser dececionante. 
Mas como assim, continuarmos? Bem, se continuarmos assim, com ações como conduzir carros poluentes, não utilizar energias renováveis …
Podíamos continuar, mas para poupar papel não o vamos fazer. Aliás, poupar papel é importante para o nosso futuro. Poupar papel é importante, pois este vem das árvores, grandes aliadas na luta contra o aquecimento global, pois absorvem dióxido de carbono.
Poupar papel é uma abelha num enxame gigantesco de abelhas. Cada abelha é uma ação. Como exemplos de outras ações temos: impostos elevados para a utilização de energias poluentes e subsídios para a utilização de energias renováveis.
Por fim, a população mundial é cerca de 7,8 biliões de pessoas, mas não podemos pensar que como há 7,8 biliões de pessoas, certamente pelo menos uma pessoa irá fazer o nosso trabalho, todos nós devemos fazer a nossa parte para salvar o Planeta e a Humanidade.
Margarida Bilé e David Pereira, 5ºA

Sandra Henriques
(professora de Ciências Naturais)